segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

por acreditar

eu sempre penso nas ideias que já foram desacreditadas.
nos sonhos que todos deixam pra depois.
corro atrás das pessoas que muitos já ignoraram.
e, mais que tudo, insisto em ser aquela para quem todos vão apontar e dizer espantados: "nossa, pra que querer ser diferente?"

faço isso por crer que a obviedade se apaga e a supremacia sempre cai.
enfim, acredito pq tenho o prazer de lutar. de traçar, com meus próprias pés, um caminho lindo que muitos nem vão conhecer por optarem pelo mesmo e pelo igual.

não quero estar certa, quero é ser feliz!
 
 

Um comentário:

  1. Olá!
    É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
    Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderExcluir

Está convidado a traficar palavras comigo!