terça-feira, 12 de março de 2013

das nossas coisas que queremos pra todos

Eu tenho um grande objetivo de vida: fazer o que eu gosto e fazer bem. 

"E pode isso?" Já me susurram vozes afoitas por quereres sem fim, mas que sentem um medo danado de seguirem o que acham certo simplesmente por não estar em consonância com o que os demais agem.

Eu, que corro pra lá e pra cá atras do que me grita o coração, fico só a apertar {bem forte} nas mãos dessas pessoas e tento  mostrar pra elas {e, cada vez mais, pra mim} que a graça toda está em investir no que a gente quer, que isso envolva sentimentos simples e ótimas intenções.

Focar nos que a mente já construiu e o coração já tornou como certo, acho que isso é fazer o certo. Sonhar de olhos abertos é tão mais animador!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Está convidado a traficar palavras comigo!