quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Setembro, seu taura querido!

A pergunta que mais me fiz nesse últimos 30 dias que passaram, foi: 'há quantos meses mesmo estamos em Agosto?'. Vou te contar, hein! Que longa temporada foi essa.

Nunca senti na pele, e na alma, a força de um mês como esse. Há os que ousaram chamá-lo de Agosto Nefasto, e deposito aí todo o meu apoio.

 Uma grande amiga, a Nani Albuquerque já tinha me atentado das nuves de Agosto. Por isso reqisitei essa frase que ela tinha twittado dia destes: 'Atravessamos Agostos que parecem eternos e, nos Setembros, suspiramos quase leves outra vez: Meu Deus, passou'. De pertinência absurda!

Setembro, vem cá me encher de alegrias, da companhia de pessoas boas e de tantas realizações!


Pra mim, Setembro é o novo Janeiro. E explico o motivo.... o que Janeiro me representa de renovação, festividades e energias, Setembro tem mesmo de semelhante. Claro, são coisas pessoais. Mas como não dar atenção a isso!?

Além de que, os ares gelados de Setembro me são históricos e memoráveis. A mim e a todos os gaúchos (ok, há os que não dão a devida importância, mas enfim...). Um mês de celebração pra quem tem o coração batendo igual a um rebenque e possui a alma presa na espora. É por essas datas que todo o sentimento gaudério toma uma forma definida e me encanta. É impressionante e é mágico!

Que venha Setembro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Está convidado a traficar palavras comigo!