sábado, 12 de fevereiro de 2011

aquele soco no estômago que se faz necessário

O que acontece quando a indignação e o regozijo acontecem simultaneamente? Não entendo como podem pertencerem a um mesmo momento e arrasarem os pensamentos de quem os porta. Mas que essa mistura é um foguete que causa êxtase, é fora de questionamentos. Você quer isso? Quer saber o que provoca essa sensação de atino? Não vem em saquinhos, não se encontra nos bares [só falsificado, é claro] e nem mesmo pode ser consumido rapidamente.

Posso dizer que dá para se dividir, aliás uma ótima maneira de aproveitar seus efeitos é ter com quem reparti-lo. Mas o prazer de aplicá-lo quando se está sozinha é incrivelmente satisfatório. Uma dica: lugares com pouca iluminação e sem interferências alheiras colaboram para que seja bem apreciado. A dose é única. Mas a convivência com quem já viveu esta experiência prolonga seus efeitos.

Vão ter aqueles pés no saco que vão criticar, dizer que é balela, que é uma porcaria. Então ofereça pra eles. Só isso. Se não gostarem, ao menos vão ter assunto de verdade pra discutirem depois. Aliás, ele está aí para ser polêmico sim. Virou popular, ganhou status e está na casa de muita gente. É coisa da malandragem, de trabalhador e de muito ricasso.

O preço ajuda, de R$ 2,50 a R$ 10,00. Depende da onde você consegue. E há os que pegam de graça. Demora um tempinho, mas o acesso é garantido. Afirmo que me fez bem, que me despertou instintos. Depois de hoje, recomendarei a todos que conheço. E por isso este post aqui no blog, pra dizer assistam TROPA DE ELITE 2 [ <-- veja o trailer clicando no link]. É aquela luz nos olhos que todos precisamos, uma dose alta nas veias. Quando os créditos sobem, o torpor toma conta. Mas isso acontece!

"Só vive em paz, quem aprende a lutar", Capitão Nascimento.


2 comentários:

  1. Quando eu reparei que o estardalhaço acerca desse filme era muito grande, eu logo desconfiei que era só mais uma moda hype do momento.

    Felizmente eu estava redondamente enganado, esse filme do José Padilha é quase como um tratado de sociologia. Roteiro muito bem escrito, atores em sintonia... Enfim... grande filme!!

    ResponderExcluir
  2. o filme é um arraso mesmo.
    fiquei indignada com muita coisa: os policiais corruptos e a balela de quem protege bandido.
    Mas o roteiro foi muito bem montado, sem contar Wagner Moura que continua espetacular.

    ResponderExcluir

Está convidado a traficar palavras comigo!