quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

pula pipoca

Uma coisa deliciosa: PIPOCA.
Uma coisa que era para ser deliciosa: PIPOCA DE MICRO-ONDAS.

Pois bem, os milhos estourados são o meu êxtase alimentício. Como sempre. E não enjoo. Visto que eu tenho facilidade em desgostar de certas comidas por me alimentar delas por um certo tempo, creio que só as pipocas tem me acompanhando nessas minhas variações de dieta.

Já teve um tempo que eu só conhecia a pipoca com o milho embalado no saquinho, que tirintava ao ser jogada na panela e se misturava ao óleo de cozinha. Depois vinha todo aquele ritual: tampar a panela, mexê-la um pouco fora do fogo, dar umas batidinhas com a colher e esperar. Esperar o poc... poc.. poc dos grãos se chocando contra as 'paredes' da panela. E, bingo, a tampa ganhando vida e se 'levantando' por causa da quantidade de pipocas que parecem teimar em sair da panela. Mesmo que não saísse grandes coisas, já valia a pena pela emoção.

Mas eu sempre desejava aquelas loucuras em formato de pipoca prensadas em saquinhos que explodiam em tamanho e perfume ao serem retiradas do micro-ondas. Primeiro, pela diversidade de sabores: queijo, manteiga, alho, chocolate, bacon, azeite, toque de chef... Segundo, pela praticidade e quase nada de sujeira. Mãããs, quebrei a cara [e a vontade] quando o cheiro bom [seja de um dos sabores listados aí] não correspondia ao gosto. A pipoca tinha cheiro de chocolate, e não gosto de chocolate.

Oh desgosto. E eu tentei, juro que tentei. Variei marcas, procurei novos sabores, até incrementei as pipocas... mas nada! Logo eu que detenho uma adoração por pipocas dei conta disso [e olha que por um booom tempo da minha vida adotei a dieta da tia Madonna e só almoçava e jantava pipoca. deve ser por isso que ela anda meio flácida hoje em dia. ou pode ser pq ela tem + de 50 anos tbm. Enfim...]. Mas mesmo assim, ainda não desisto. Hei de encontrar uma pipoca de micro-ondas para me fartar nos dias bons e ruins. E poupar de ficar lavando panelas e parar de investir no óleo e no sal.

4 comentários:

  1. LG GabrieL | @LG27 |3 de fevereiro de 2011 11:50

    É verdade. Pipoca de microondas não agrada como uma de boa panela!
    Mas tem um truque: pegue o pacotinho de microondas e "separe" todos (ou tente) os milhos dentro do pacotinho. Depois dobre as pontinhas do pacote pra dentro pra não trancar enquanto gira.
    Enjoy! Boa (ou tentativa de) pipoca. =D

    ResponderExcluir
  2. Eu sou VICIADA em Pipoca... e por isso, como boa apreciadora de pipoca, também fico insatisfeita com as de micro. Especialmente as doces, elas são HORRÍVEIS... mas nem se eu tivesse que ficar isolada em um abrigo durante um ataque nuclear eu acho que comeria pipoca doce de micro.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a dica Gabriel. Só não quei qndo aplicar agora, vou esperar passar o trauma da última pipoca de micro que comprei [alho com toque de orégano, que como disse no post, disso tudo... só tinha o cheiro]. #aiaiai

    Guriaa, que bom que tu apareceu aqui, eu não sabia o endereço do teu Blog.
    Oh, todo mundo que lê o 'Traficante de Palavras'.. tbm vá bombar no 'Receituário Pop'.
    Em tempo... pipocas de micro, só se eu ñ tver mais opção mesmo ;x

    =D

    ResponderExcluir
  4. Eu também adoro pipoca (tem alguém que não adore?), mas, ao menos pra mim, o mais difícil é lidar com as casquinhas de milho, que costumam se prender entre meus dentes e a gengiva (nojento né? rsrsr) já me acostumei a escovar os dentes depois de cada filme...
    Parabéns pelo Blog!!!
    .
    Blog SUBLIME IRREALIDADE
    .
    Última postagem: Resenha crítica do filme "Cabo do Medo"
    .
    http://sublimeirrealidade.blogspot.com/2011/02/cabo-do-medo.html

    ResponderExcluir

Está convidado a traficar palavras comigo!