sexta-feira, 25 de outubro de 2013

dos sentires involuntários

e quando a alma treme?
é desespero ou coisa do coração?!
só não me seja inconstância, disso não quero mais.


venha logo ser brisa pra não me destruir
cansei já destes ventos todos que me tomam espaço
que me deixam sem insistir

não quero mais fechar os olhos e o coração pra não sentir
pode deixar tuas mãos me segurando no ar
deixando-me estar em você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Está convidado a traficar palavras comigo!