sábado, 23 de abril de 2011

o ajuste perfeito

Desde que ganhei este brinquedinho, fiquei encantada. Ele foi o meu super presente de 24 anos oferecido pela Bia Witt. Ela sempre me regala ótimos CD's, livros ou filmes nos meus anos, se bem que a moça não é nada boa com embalagens (haha... brincadeirinha). E eis que esse ano ela variou na forma, mas permaneceu no intento [e eu agradeço por isso] de continuar me presenteando com essas coisinhas lindas e criativas.

Esse quebra-cabeça de MIL PEÇAS [aah, adoro ressaltar essa parte] estava dentro da sua caixa servindo de enfeite pro meu lar três-maiense desde o início do ano. Até que tomei coragem [e guardei um pouco de tempo livre pra isso também] e comecei a mágica aventura que é encontrar, unir e ficar boba com a beleza que é ter todas as peças se ecaixando.

Depois de três finais de semana [demorou? não demorou?] o resultado é este. As Maravilhas da Arquitetura em cima da minha mesa de jantar:


Adorei voltar aos tempos de baby que eu montava quebra-cabeças com imagens de gatinhos e de pôr-de-sol, e com no máximo umas 50 peças [e olhe lá]. Foi um exercício mental daqueles. Agora o dilema é: o que fazer com esta belezinha? Primeiro: eu preciso da minha mesa pra comer [!]. Depois, eu ainda quero por isso em um quadro. Mas até lá, eu que saí montando as peças no primeiro lugar livre e grande que achei pela casa, vou ter que me virar.

E quem quiser me presentar com outro quebra-cabeça, #ficadica. Vou AMAR!


2 comentários:

  1. Ahhh, eu fico tão feliz que tu tenha gostado! =D até hoje eu só montei sozinha um quebra-cabeça de 60 peças da Disney HO HO HO bjss

    ResponderExcluir
  2. HAHAHA...que super presentão tu me deste, guria!

    ResponderExcluir

Está convidado a traficar palavras comigo!